Passeios em Cusco: o que você não pode perder

passeios-em-cusco-machupicchu-destaquepasseando

Vou logo dizendo que adorei Cusco! Cidade pequena, lindinha e com muita coisa pra fazer. E o melhor: tudo é pertinho, então se vai pra todo canto a pé. São muitas as atrações oferecidas e andar pelas ruazinhas de pedra já é uma delícia por si só. Mas vamos aos passeios em cusco que não podem ficar de fora da sua viagem.

passeios em cusco - 1

Passeios em Cusco

Boleto turístico

Antes de mais nada, você precisa comprar o boleto turístico (S/. 130)! Nem adianta passear ou contratar o city tour sem tê-lo em mãos. Com o boleto você vai entrar na maioria dos lugares e sem ele não entra em praticamente nenhum. Não adianta querer comprar na hora, nas atrações. Tem que ser lá no local de venda, na Avenida El Sol. Então você já sabe qual a primeira tarefa em Cusco, né?! 😉

City Tour em Cusco

Quando se vai a Cusco são vários os passeios que a gente faz. Nesse post vou falar sobre as principais atrações. Para isso, vamos começar pelo city tour, que sugiro você fazer logo no primeiro dia pela cidade. Os pontos turísticos onde o passeio te leva são:

1. Plaza de Armas: é o ponto central e mais movimentado de Cusco, onde estão vários restaurantes, lanchonetes e a Catedral. Foi palco de grandes acontecimentos políticos e cerimônias religiosas.

passeios em cusco - PlazadeArmas

2. Catedral: é enorme, cheia de história e linda! Foram quase cem anos para que ela ficasse pronta. Fizemos o passeio junto com o pessoal do city tour, mas há a opção de não entrar e esperar o grupo do lado de fora. Nós entramos e eu achei que valeu a pena (apesar de achar carinho, S/. 25). Se a gente não tivesse ido com o guia, não saberíamos nada da história do lugar. Mas se você não quiser pagar nada, mas vê-la por dentro, é só perguntar os dias e horários das missas, quando a Catedral fica aberta para todos.

passeios em cusco - CatedralCusco_Passeando

3. Museo Inka: para quem quer saber mais sobre a civilização inca esse museu é parada obrigatória. Tem vários artefatos – cerâmicas, objetos em madeira, tecidos, joias… mas a parte mais impressionante é, sem dúvida, a das múmias. Vale a visita (S/. 10).

Passeios em cusco - Múmias_MuseuInca_Passeando

4. Pedra dos 12 ângulos – Calle Hatunrumiyoc: é um marco da maestria inca na arte de lidar com pedras. A cidade de Cusco é cheia de muros incas com pedras encaixadas que mais parecem um quebra-cabeça e essa pedra é um ícone. Todo mundo tira foto lá – mas é só porque é a mais famosa, nos passeios em Cusco você acaba encontrando pedras com mais ângulos que essa.

Passeios em cusco - Pedraangulos_Cusco_Passeando

5. Qorikancha: a entrada nesse sítio arqueológico (assim como na Catedral) fazia parte do City Tour. Ele fica no centro de Cusco e fomos andando da Catedral até lá. O lugar foi construído em homenagem ao Deus Sol e era o templo inca mais rico, com paredes revestidas em ouro e pedras preciosas. Em tempo: Qorikancha = cercado de ouro.

Passeios em cusco - Qorikancha_Cusco_Passeando

6. Sacsayhuamán: nesse templo gigantesco a gente vê como os incas eram bons com as pedras. Cada “lapa” de pedra gigante que mal dá pra acreditar que aquilo foi feito mesmo por homens. Dizem que para carregar a maior delas foram necessárias 20 mil pessoas. Imagine pra construir tudo! Ah! E toda a construção foi feita sem nenhum tipo de argamassa, apenas com pedras cortadas e encaixadas umas nas outras. Quero ver hoje em dia alguém fazer um negócio desses. Faz nada…

Passeios em cusco - Sacsayhuamán_Cusco_Perupedras

7. Tambomachay: sítio arqueológico bem bonito, onde há um incrível sistema de irrigação da época dos incas. Eles adoravam a água, já que ela simbolizava a energia vital, então dizem que o lugar era também usado para rituais de purificação.

Passeios em cusco - Tambomachay_Cusco_Peru

8. Qenko: Nesse sítio se encontra uma mesa cerimonial feita de pedra que era usada para sacrifícios religiosos.

Passeios em cusco - Qenko_PasseandoCusco

9. Puca Pucara: paramos muito rapidinho nesse, só pra ver a vista do vale. Em comparação aos outros, não tem nada demais (não deu pra tirar foto, sorry).

 Maras e Moray

Reservamos o tour para Maras e Moray (S/. 80) no próprio hostel, assim como os outros passeios em Cusco. O carro passou para nos pegar por volta das 9h.

Passeios em cusco - Camila_Moray1

A primeira parada foi no sítio arqueológico de Moray. Esse lugar é incrível, com terraços circulares e diversos microclimas criados para o cultivo de vários tipos de alimentos. Foi, na verdade, um grande laboratório agrícola dos incas, que eram bons demais nisso! Tanto que se reflete hoje na gastronomia riquíssima do Peru. Interessante a visita e imaginar como uma civilização tão antiga dominava tanto os conhecimentos de agricultura. Ah! Por lá vimos também alguns grupos de meditação e outros fazendo rituais espirituais. Imagino que as formas circulares do sítio propiciam mesmo uma energia diferente por ali.

Passeios em cusco - Moray2

Passeios em cusco - Moray3

Depois de Moray foi a vez das salineras de Maras (ingresso: S/. 14), que gostei ainda mais! Achei super legal o passeio para ver como o sal se forma e, claro, comprar alguns pacotinhos para trazer . O sal de lá é delicioso e famoso em todo o mundo. São mais de três mil poços para onde a água salgada natural é distribuída e onde evapora para virar o sal. O sistema todo dessa distribuição é muito interessante. Vale demais inserir esse passeio no roteiro! Como em quase todos os lugares do Peru, por ali há várias barraquinhas de souvenir e tem coisas que valem a pena, como os sais do lugar em saquinhos peruanos. #ficaadica

Passeios em cusco - Maras1

Passeios em cusco - Maras2

Passeios em cusco - Maras3

O tour termina no início da tarde, então não há parada para almoço. É bom levar um lanchinho na bolsa para quando a fome apertar. Na volta, você aproveita para fazer mais passeios em Cusco e almoçar em um dos restaurantes deliciosos da cidade!

 O Vale Sagrado

Ok, chegamos num dos dias mais importantes da viagem. Afinal, o tour ao Vale Sagrado dos Incas foi nosso ponto de partida para chegar em Machu Picchu.

Reservamos o passeio no hostel (S/. 116 com almoço incluso). O tour vai a vários sítios arqueológicos que ficam às margens do Rio Urubamba. Durante o trajeto você vai ficar louco com as paisagens. Prepara a câmera!

Nossa primeira parada foi no Mercado de Artesanato de Awanacancha, que faz parte de um projeto social que ajuda pessoas da região, que vivem dos turistas. Não tinha nada muito diferente por lá e os preços também não eram dos melhores, mas vale dar uma olhada. Meu marido encontrou umas máscaras que fizeram valer a pena a parada.

Passeios em cusco - valesagrado1

Seguimos e paramos no lindo mirante do Vale Sagrado, onde pudemos ver a cordilheira que cerca o Rio Urubamba. Aqui uma história curiosa: dizem que este rio faz o mesmo “caminho” da Via Láctea, só que na Terra, como se fosse um espelho. Por isso os incas acreditavam que aquele lugar era sagrado. Por isso também que muitas vilas que ficam ao longo do percurso do rio recebem nomes de constelações. Achei massa! 😀

Passeios em cusco - valesagrado2

Seguindo viagem, paramos para conhecer as famosas ruínas de Pisac. O sítio arqueológico ainda mantém as características da antiga cidade inca, com seus locais de moradia, agricultura, cultos religiosos e até um cemitério. Bem legal.

Passeios em cusco - valesagrado3

Passeios em cusco - valesagrado4

Almoçamos e continuamos rumo a Ollantaytambo, um dos melhores passeios da viagem, na minha opinião. Esse sítio arqueológico vale demais a visita, anote aí! Tudo, claro, construído com a maestria inca de lidar com pedras. Você vai subir uma escadaria enooooooorme (antigos terraços agrícolas). Cansa só de olhar, mas tem que subir! Não tem jeito. O que mais nos chamou a atenção nas explicações da guia Maria foi a imagem talhada na pedra de um Deus – Viracocha, o Mestre dos Mundos, criador de toda a natureza.

Passeios em cusco - valesagrado5

Passeios em cusco - valesagrado6

Assim como muita gente, nosso destino final foi aí em Ollanta. O tour voltou para Cusco, mas nós já havíamos comprado o trem para Águas Calientes partindo daí, já que é metade do caminho. Fizemos uma horinha passeando na cidade – bem pequenininha, sem muito o que fazer, mas bem agradável – e quando deu a hora, pegamos um tuc tuc para a estação, de onde saiu o nosso trem, às 18h30.

Passeios em cusco - valesagrado8

Passeios em cusco - valesagrado7

Machu Picchu

Finalmente o dia mais esperado da viagem havia chegado. Quem vai ao Peru, claro, espera ansiosamente pelo dia de conhecer as ruínas de Machu Picchu e ali estávamos nós, chegando em Águas Calientes, para nos prepararmos para o tão esperado passeio.

Passeios em cusco - MachuPicchu6

Passeios em cusco - MachuPicchu7

Como falei antes, fizemos o tour do Vale Sagrado e, ao invés de voltarmos para Cusco, pegamos o trem em Ollantaytambo (última parada do passeio) para Águas Calientes. Chegamos por lá umas 21h e já havia uma pessoa do nosso hostel (Pirwa Hostel) com uma plaquinha na estação para nos receber e nos levar – andando mesmo – até ele. Ah! As passagens de trem foram compradas antes da viagem, pelo site do Peru Rail.

Passeios-em-cusco-MachuPicchu_Trem_PeruRail

Tomamos um banho e saímos para jantar e comprar uns lanchinhos para levar a Machu Picchu no dia seguinte (psiu, lá não pode comer, mas todo mundo faz um lanchinho escondido dos guardas. Só não vá deixar lixo, pelamor!). Acordamos bem cedinho, pois queríamos muito ver o sol nascer lá ou, pelo menos, durante o caminho. Quase todo mundo faz isso, tanto que o café da manhã do hostel era servido a partir das 5h. Compramos a passagem do ônibus e finalmente fomos para o tão esperado sítio arqueológico, vendo o sol despontar durante a nossa subida. A viagem para Machu Picchu dura uns 20 minutos – você também pode optar por ir pela trilha inca (trekking), mas essa opção só é válida se você for bem disposto e gostar de longas caminhadas, já que o percurso é grandinho e ainda tem a altitude para te deixar sem fôlego.

Passeios em cusco - MachuPicchu_NascerdoSol

Aqui um lembrete: os ingressos para Macchu Picchu não são vendidos na hora! Você precisa comprá-los em Águas Calientes, Cusco ou diretamente no site oficial. Como não gostamos de arriscar nada – ainda mais em se tratando de um dos lugares mais visitados do mundo e que tem número limitado de turistas por dia -, compramos com bastante antecedência pela internet. Se você quiser subir a Huayna Picchu já tem que comprar com essa opção. Ah! Uma dica: leve seu passaporte porque lá na entrada eles carimbam. E se você for como eu, quanto mais marquinhas no passaporte, melhor!

Passeios-em-cusco-MachuPicchu_ingresso

Quando chegar, faça logo suas necessidades no banheiro que fica na entrada, pois lá dentro não tem lugar para isso. Mas calma, se você quiser, pode sair e entrar de novo. O problema é que o lugar é enorme e você não vai querer voltar no meio do caminho. E não esqueça a câmera! Você vai querer passar todo o seu tempo tirando fotos de Machu Picchu.

Para aproveitar bem sua visita, o ideal é contratar um guia. A gente contratou no hostel mesmo, junto com um grupo que ele estava fechando, mas na hora há vários oferecendo o serviço. Foi ótimo porque fizemos todo o passeio com ele, nos ensinando sobre a história de Machu Picchu e depois ficamos por conta própria dando mais uma volta e apreciando a beleza daquele lugar incrível!

Passeios em cusco - MachuPicchu2

Passeios em cusco - MachuPicchu4

Passeios em cusco - MachuPicchu3

Passeios em cusco - MachuPicchu1

Machu Picchu tem mesmo uma energia diferente. Olhar para aquela cidade tão perfeita, com tantos detalhes impressionantes, no meio daquele nada, em cima daquela montanha, é de sentir os cabelinhos do braço arrepiarem. Você viaja imaginando como podiam ter construído uma cidade ali, tão mais perto das nuvens do que de qualquer outra coisa… é lindo demais! Realmente um lugar único.

Enfim, adoramos o passeio e eu fiquei ainda um tempo meio anestesiada lembrando daquele lugar mágico. Pegamos nossas mochilas no hostel em Águas Calientes, almoçamos e fomos para a estação, pegar o trem de volta a Cusco. Chegamos cansados e felizes por termos tido o privilégio de conhecer lugar tão especial como aquele.

Passeios em cusco - MachuPicchu5

Existem ainda outros passeios em Cusco a se fazer, mas acho que esses são os principais, que não podem ficar de fora da sua viagem. No próximo post, sugiro um roteiro de cinco dias em Cusco para você aproveitar bem seus dias por lá e não perder nadinha. 😉

Onde se hospedar em Cusco

Vou até separar esse tópico aqui porque o hostel que a gente ficou era incrível e merece todas as indicações possíveis! Ficava beeeem pertinho da Plaza de Armas e era muitíssimo confortável! O banho delicioso, a cama incrível, quarto completo, atendimento ótimo! Até o café da manhã era bom. Anota aí: Hostal el Triunfo. 😉

hostal-el-triunfo
Imagem: internet

Imagens: Cecília Sátiro

Share Button

1 Comment

  1. Claudio says: Responder

    Ola Camila, faremos este passeia a CUSCO em agosto, chegaremos num sábado de madrugada e retornaremos na quarta, resumindo; estaremos la sab,dom,seg e ter, fiquei meio perdido nos passeios e itinerários, tens com me ajudar, pois temos 4 dias inteiros para fazermos os passeios.

Deixe uma resposta