O que fazer em São Francisco, por Eliza Brito

Dolares Park, na Mission

Mais um post da minha amiga correspondente, Eliza Brito. Desta vez ela escreveu aqui pro blog suas dicas sobre o que fazer em São Francisco, na Califórnia. Eu já fiquei com vontade de ir também.

o que fazer em São Francisco Califórnia - City Hall

O que fazer em São Francisco, por Eliza Brito

São Francisco é uma cidade encantadora. Tive a sorte de contar com uma guia bastante conhecedora do lugar, minha mãe. E, aproveitei o tempo que passaria me perdendo, para provar delícias e visitar os arredores. A viagem de 10 dias deixou saudades.

o que fazer em São Francisco Califórnia - North Beach

Dominada pelos espanhóis no século XVIII, a cidade passou pelo domínio dos mexicanos no século XIX e, no final do mesmo século, foi tomada pelos americanos. São Francisco recebeu imigrantes italianos, latinos e orientais, ao longo do tempo, e essa mescla cultural é uma das marcas da cidade. Para quem gosta de comer bem, o North Beach, bairro italiano, é um dos mais incríveis de lá. Por perto vale conhecer o Financial District, onde se localiza a Pirâmide Transamérica, e a Coit Tower, de onde se tem uma vista linda da cidade. Descendo, visite o centro Levi Strauss, no qual é possível conhecer a história do jeans.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Levi Strauss

O Chinatown é o bairro dos chineses, cheio de cor, restaurantes orientais e lojinhas de souvenir. Pertinho dele fica a Union Square, o centro de São Francisco, elegante e cosmopolita, bastante diferente do bairro vizinho. Também dominada por imigrantes, a região da Mission é uma das mais legais da cidade. Cheio de casinhas vitorianas, o lugar é o reduto dos latinos. Bem perto dali fica o Castro, o berço da cultura gay mundial, com o seu lindo e exagerado teatro.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Chinatown

o que fazer em São Francisco Califórnia - Dolares Park, na Mission

Pontos turísticos não faltam por lá, mas alguns são realmente obrigatórios. Eu não deixaria de conhecer o Píer 39, no bairro mais alegre da cidade, o Fisherman´s Wharf; a Golden Gate Bridge; a Bay Bridge, que ganha uma festa de luzes à noite; o Galden Gate Park, cheio de atrações maravilhosas, entre elas a Academia de Ciências e o Young Museum; a Alamo Square Street; o City Hall; e o Palace Of Fine Arts.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Fisherman´s Wharf

Uma dica incrível e que nem todo mundo conhece é o CityPass, um talão de ingressos para quatro atrações da cidade [academia de ciências, aquário do Píer 39, Young Museum ou Exploratorium, passeio de catamarã pela baía] e passeios ilimitados no Muni (o ônibus) e no Cable Car (o transporte típico de São Francisco). Compramos e aproveitamos bastante o voucher, vale mesmo a pena.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Golden Gate Bridge

Outra coisa, não vá a São Francisco com menos de quatro dias para a cidade. Você vai ficar louco e vai sair sem conhecer os pontos mais legais. E não se iluda com essa história de verão ou primavera, por lá o fog deixa a temperatura sempre amena e um bom casaco nunca será dispensável. No mais, boa viagem!

A gastronomia deliciosa de São Francisco

São Francisco é deliciosa. Como a influência dos imigrantes mexicanos, chineses, latinos, japoneses, italianos, indianos e etc foi enorme, não falta comida internacional de qualidade por lá. Mas uma dica para quem deseja começar bem o dia na cidade é comer um brunch, tipicamente americano, caprichado. Dois lugares perfeitos para a refeição são o Zazie, que fica pertinho das ruas Haigth e Asbury, sinônimo de amor livre e dos valores hippies, e o Café de La Presse, em plena Union Square. O lugar tem influência francesa e muitas delícias americanas, como bagel e omelette caprichada.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Meio Bagel do Café de La Presse

Para almoçar, é indispensável tirar algum dia para comer o caranguejo gigante, o famoso Crab. Fui no Franciscan, em plena Fisherman´s Wharf, e adorei o lugar. Para os outros dias, indico os restaurantes internacionais que enchem as ruas de São Francisco, com destaque para os mexicanos, italianos e chineses. O Empress of China, no coração do Chinatown, merece demais uma visita. Além da comida, o restaurante fica no alto de um prédio histórico com uma bela vista da cidade.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Crab com camarão no Franciscan

Entrada no Empress of China

E a última refeição do dia, o jantar, merece uma boa massa italiana, em qualquer dos restaurantes deliciosos do bairro North Beach. Destaque para o CaféZoetrope, vinculado a marca do diretor de cinema Francis Ford Copolla, dono de uma vinícola na Califórnia. Mas o melhor jantar da viagem, na verdade, foi no indiano Amber, no bairro do SoMa. O difícil vai ser comer mal na cidade das pontes e cables cars.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Samosa no Amber

Pelos arredores de São Francisco

A Califórnia é cheia de belezas naturais e cidadezinhas interessantes. Como tinha apenas 10 dias e queria conhecer bem a cidade de São Francisco, sem contar que minha mãe não abriria mão de visitar os amigos em Berkeley, resolvemos ficar apenas pelos arredores de São Francisco.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Caffé Latte do Mediterranium

Berkeley me pareceu um lugar perfeito para comer bem, cheio de restaurantes, bares e cafés, além de ser dona da University of California, a Cal, que merece uma visita. Não dá para sair da cidade sem passar pela Avenida Telegraphic, que foi o verdadeiro berço do movimento Hippie. Por lá, não deixe de fazer uma visita ao Café Mediterranium, no qual surgiu o Café Latte tão apreciado pelos americanos.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Entrada da Cal

Outra cidadezinha fofa da Califórnia é Sausalito. Na beira do oceano Pacífico, me lembrou um pouco Viña del Mar, no Chile, tanto que tem uma praça com o nome do vilarejo chileno em Sausalito. Vale demais um passeio tranquilo pelas lojinhas da cidade e uma pardinha para tomar o delicioso sorvete da Lapper´s.

o que fazer em São Francisco Califórnia - Vinícola Madonna Estate

E um passeio indispensável para quem gosta de vinhos é o das vinícolas de Nappa Valey e Sonoma. Existem várias empresas que fazem pacotes, fui pela Tower Tours e visitei as vinícolas Madonna Estate, Cline e Sebastine. O centro histórico de Sonoma, que parece uma cidade cenográfica, também merece um passeio tranquilo.

Sausalito

Share Button

Deixe uma resposta